Home » Como cuidar da Calathea?
calathea

Como cuidar da Calathea

As calatheas são conhecidas pela sua folhagem com padrões arrojados. As folhas da maioria das variedades de Calathea dobram-se ligeiramente durante a noite, revelando a parte inferior frequentemente colorida.

Tipos de Calathea

Existem vários tipos de Calathea:

  • Calathea Beauty Star
  • Calathea Dottie
  • Calathea Freddie
  • Calathea Medallion
  • Calathea Misto
  • Calathea Musaica
  • Calathea Orbifolia
  • Calathea Peacock
  • Calathea Pinstripe
  • Calathea Rattlesnake
  • Calathea Rosy Roseo
  • Calathea Vittata
  • Calathea White Flame
  • Calathea Zebra

Porque é que as folhas da minha Calathea estão a enrolar-se?

As folhas de sua Calathea podem estar a enrolar-se por vários motivos. Vamos investigar e chegar ao fundo da questão!

Solo incrivelmente seco

A Calathea prefere solo húmido. Certifique-se de não encharcar a planta. Mantenha um cronograma de rega consistente regue quando a parte superior do solo estiver seca.

Se acidentalmente deixar o solo da Calathea secar completamente, poderá ver as folhas a ficarem amarelas, enroladas ou a caírem. Se o solo estiver extremamente seco regue a planta com bastante água.

Qualidade da água

Um motivo comum para as folhas de Calathea estarem a enrolar pode ser devido à água da torneira. A água da torneira contém sais, cloro, minerais e flúor, elementos que podem acumular-se no solo da planta, fazendo com que as pontas das folhas queimem e fiquem enroladas. Uma maneira de remediar isso é usar um sistema de filtragem de água.

Temperatura

Certifique-se de que sua planta não esteja numa área com correntes de ar ou em passagens com aberturas de aquecimento e arrefecimento. As folhas enrolarão se a planta estiver fria ou excessivamente seca.

Humidade insuficiente

A Calathea é uma planta tropical, ela floresce em ambientes húmidos. Aumente a humidade ao redor da planta borrifando as folhas regularmente.

Artigos sobre Plantas de interior

Questões Frequentes sobre a Calathea

Calathea é um género de plantas pertencentes à família Marantaceae, nativas da América Central e do Sul. As calatheas são conhecidas por suas folhas coloridas e brilhantes e são comumente cultivadas como plantas de interior. Algumas espécies comuns incluem Calathea ornata, Calathea makoyana e Calathea zebrina. Estas plantas requerem condições de iluminação difusa, solo húmido e regas frequentes para crescer bem.

As características da Calathea incluem:

  1. Folhas grandes e coloridas, frequentemente com desenhos ou manchas em tons de verde, roxo, marrom ou outras cores.
  2. Caule curto e densamente ramificado.
  3. Flores discretas que aparecem em espigas longas e densas.
  4. Necessidade de condições de iluminação difusa, sem luz solar direta.
  5. Solo húmido e regas frequentes, sem deixar o solo encharcado.
  6. Boa capacidade de purificar o ar.
  7. Necessidade de alta humidade do ar, podendo ser nebulizadas as folhas regularmente.
  8. Sensibilidade a variações de temperatura e correntes de ar.
  9. Pode ser cultivada tanto em vasos como em jardins de inverno.

A Calathea é popular por vários motivos:

  • Folhagem colorida e distinta: A Calathea é conhecida por sua folhagem colorida e distinta, que pode ser verde, rosa, castanha, cinza, entre outras cores. As folhas são grandes e brilhantes, e apresentam desenhos e padrões únicos, o que as torna atraentes e decorativas.
  • Fácil de cultivar: A Calathea é uma planta fácil de cultivar, desde que sejam fornecidos os cuidados adequados. A planta é tolerante ao calor e à seca e se adapta bem a ambientes internos e externos.
  • Adequada para ambientes internos: A Calathea é uma planta tropical que se adapta bem a ambientes internos, onde pode ser cultivada como planta de interior. A planta é uma excelente opção para quem quer ter uma planta de interior com folhagem exótica e distinta, mas não tem espaço ou condições para cultivar plantas tropicais ao ar livre.
  • Benefícios para saúde: Além de sua beleza, a Calathea também é conhecida por suas propriedades purificadoras de ar e melhora da qualidade do ar, o que a torna uma excelente opção para ambientes internos.
  • Diversidade de espécies: A Calathea é uma planta muito diversa, existem mais de 300 espécies e variedades, cada uma com suas próprias características únicas, desde tamanho, cor, forma e textura das folhas.

A Calathea é uma planta tropical originária da América Central e do Sul, especificamente na floresta tropical úmida, e regiões montanhosas do Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. A planta é amplamente distribuída na floresta tropical da América do Sul, e é encontrada em diversas regiões e altitude.

A Calathea é uma planta epífita, ou seja, ela cresce sobre outras plantas, como árvores, troncos, cipós e rochas, sem se alimentar delas. A planta usa raízes aéreas para se fixar ao seu suporte e se nutrir das partículas de matéria orgânica e água presentes na atmosfera da floresta.

A Calathea é uma planta que tem sido cultivada por séculos por povos indígenas da América do Sul, que a usavam para fins medicinais e decorativos. Ela foi descoberta pelos europeus no século XIX, e desde então tem se tornado cada vez mais popular como planta de interior e jardim.

A Calathea é uma planta tropical que é conhecida por sua folhagem colorida e distinta. Ela requer alguns cuidados específicos para se desenvolver bem. Aqui estão algumas dicas para cuidar de uma Calathea:

  • Luz: A Calathea precisa de luz indireta, mas não deve ser exposta ao sol direto, pois isso pode causar queimaduras nas folhas. Um local próximo a uma janela com luz difusa é ideal.
  • Humidade: A Calathea precisa de humidade elevada para se desenvolver bem. A planta pode ser colocada em um prato com pedras e água, ou na prossimidade de outras plantas que libertam humidade.
  • Rega: A Calathea precisa de solo úmido, mas não encharcado. É importante não deixar o solo secar completamente antes de regá-lo novamente. Regue a planta regularmente, mas evite molhar as folhas.
  • Solo: A Calathea prefere solo ácido, rico em matéria orgânica e bem drenado. É importante evitar solos arenosos ou argilosos.
  • Adubação: A Calathea precisa de fertilizantes orgânicos, como esterco de vaca, húmus de minhoca ou composto, aplicado regularmente, geralmente a cada 2-4 semanas durante a primavera e verão. Durante o outono e inverno, a frequência pode ser reduzida para 1 vez por mês. Certifique-se de seguir as instruções de dosagem do fertilizante.
  • Poda: A Calathea deve ser podada regularmente para remover folhas velhas e danificadas e estimular o crescimento de novas folhas.
  • Pragas e doenças: As Calathea são suscetíveis a pragas como ácaros, pulgões e cochonilhas, e doenças como mofo e ferrugem. É importante mantê-las limpas e monitorar regularmente para detectar qualquer problema o quanto antes.
  • Temperatura: A Calathea prefere temperaturas entre 18-24°C, evitando correntes de ar e mudanças bruscas de temperatura.

Em resumo, a Calathea é uma planta exigente em termos de humidade e luz, e requer um cuidado adequado para se desenvolver bem. Seguindo as dicas acima, pode desfrutar da sua bela folhagem e flores coloridas.

As Calatheas podem enfrentar alguns problemas comuns, incluindo:

  • Folhas amareladas: As folhas amareladas podem ser causadas por excesso de água, falta de luz, ou falta de fertilização. Certifique-se de regar a planta de acordo com as necessidades de humidade e fornecer luz indireta suficiente.
  • Folhas secas: Folhas secas podem ser causadas por falta de humidade ou ar seco. Certifique-se de regar regularmente e colocar a planta em um local com humidade elevada.
  • Pragas: As Calatheas são suscetíveis a pragas como ácaros, pulgões e cochonilhas. É importante mantê-las limpas e monitorar regularmente para detectar qualquer problema o quanto antes.
  • Doenças: As Calatheas são suscetíveis a doenças como mofo e ferrugem, geralmente devido a excesso de humidade e falta de ventilação. Certifique-se de não regar em excesso e manter a planta em um local com boa ventilação.
  • Mudanças bruscas de temperatura: A Calathea é sensível a mudanças bruscas de temperatura, isso pode fazer com que suas folhas se enrolem, o que pode levar a problemas de crescimento. A planta prefere temperaturas entre 18-24°C e evita correntes de ar.
  • Falta de florescimento: A Calathea é uma planta que floresce no verão e outono com flores pequenas e brancas. Se ela não estiver florescendo, pode ser devido a falta de luz, falta de fertilização ou excesso de água. Certifique-se de fornecer as condições adequadas para o florescimento.

Mobiliário e Decoração de Jardim

Segunda Mão

Quer mobília de jardim com descontos até 50% ?

Também pode gostar:

Se quer saber como cuidar de outras plantas de interior veja as nossas dicas nos seguintes guias:

1 thought on “Como cuidar da Calathea?”

  1. Eu tive uma calathea, gostava bastante dela as folhas levantavam à noite e baixavam de manhã 🙂

Comments are closed.

Shopping Cart